28 de novembro de 2011

Harmonia Combinatorial: conceitos e técnicas para composição e improvisação

A ideia básica do livro Harmonia Combinatorial é a de um catálogo de possibilidades. A obra não trata de estilos específicos e o estudante aproveitará o livro à medida em que sentir a necessidade de aplicar, em sua própria música, algumas das ideias nele apresentadas.

Como guitarrista, há mais de vinte e cinco anos, sempre me interessei em como poderia usar este material no meu instrumento. Atualmente, há uma tendência muito grande dos improvisadores no emprego de fraseado interválico baseado em combinações específicas de sons, modos de transposição limitada e outras técnicas como hexatônicos (combinações de seis sons). 

Durante a elaboração deste material foram mapeados todos os conjuntos de três e quatro sons com seus possíveis usos como função harmônica. Além disso, esse mapeamento inclui diagramas no braço da guitarra ou violão e exercícios práticos de memorização desses padrões. Tratei também de tornar mais próxima a abordagem árida da teoria de conjuntos aplicada à música, trazendo formas mais "amigáveis" de denominar os conjuntos de sons (usando tipologias de acordes).

Livro Harmonia Combinatorial, de Julio Herrlein.
A quem este livro se destina?

ARRANJADORES:
Cada conjunto de quatro sons possui 24 aberturas ou posições (voicings) diferentes, totalizando 798 acordes diferentes, incluindo a aplicação funcional para cada caso. Na dúvida de como distribuir ou "abrir" um mesmo acorde de quatro sons para um quarteto de cordas ou de metais, o arranjador pode consultar as possibilidades do respectivo acorde.

GUITARRISTAS e VIOLONISTAS:
Para as 798 possibilidades de acordes de quatro sons e para as mais de 100 possibilidades de aberturas dos conjuntos de três sons, o guitarrista ou violonista encontrará também um diagrama para cada abertura de cada conjunto (24 aberturas para cada conjunto de quatro sons), além de um diagrama geral com a distribuição geométrica de cada conjunto no braço do instrumento. Contrabaixistas podem usar as quatro cordas graves dos diagramas para visualizar as notas no contrabaixo de quatro cordas.

COMPOSITORES
Compositores interessados em ter um compêndio "amigável" sobre teoria de conjuntos aplicada à música poderão encontrar aqui uma referência útil. Além disso, a correspondência dos conjuntos com a harmonia funcional tradicional é apresentada.

COMPOSITORES (NÃO GUITARRISTAS)
Compositores que não tocam violão ou guitarra poderão usar este livro como um guia para visualizar a distribuição de cada conjunto de sons no braço do instrumento, facilitando enormemente o trabalho de encontrar as digitações mais idiomáticas.

IMPROVISADORES
Os conjuntos hexatônicos (com seis notas) são plenamente explorados neste livro. Todas as combinações possíveis de hexatônicos são empregadas tanto em forma melódica quanto na condução de vozes combinatorial entre tricordes, um conceito bastante inovador na literatura. Esse grande manancial de ideias pode ser aproveitado para a composição e também para a improvisação.

ESTUDANTES DE HARMONIA E ANÁLISE
Este livro apresenta uma teoria da harmonia, com relações entre acordes e escalas, sugerindo a função harmônica em cada um dos 35 acordes de quatro sons (isto é, todos os conjuntos de quatro sons que não contêm o tricorde 3-1) dentro de uma mesma tonalidade, tornando possível o entendimento e análise cordal, gradual e funcional de todas essas estruturas. Cada acorde possui uma lista de possibilidades funcionais em que pode ser empregado. O capítulo 3 com os 18 tricordes também é organizado dessa mesma forma.

Contato para compra:  freenote@freenote.com.br / 11-3085 4690
Postar um comentário

Mais Notícias

Notícias - KVR Audio News

Notícias - Sound On Sound Audio News

Notícias - Gearjunkies Audio News

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...