21 de setembro de 2011

Claustrofobia lançará novo álbum em outubro


A banda Claustrofobia lança, no mês de outubro, seu quinto álbum de estúdio, intitulado Peste, pela gravadora Sangre, novo selo que promete ser uma grande potência na cena metal nacional.

Cantado inteiramente em português, o disco foi produzido por Ciero, do já renomado Da Tribo Estúdio, que já fez excelentes trabalhos ao lado de bandas como Krisiun, Torture Squad e Ratos de Porão, e inclusive foi responsável pelo trabalho final de Thrasher e Fulminant, dois outros álbuns do Claustrofobia.

A fim de dar aos fás uma pequena idéia do que está por vir nesse álbum regado a peso, agressividade, forte mensagem e acima de tudo, originalidade, a banda lança agora um teaser para o álbum Peste. A música que serve para trilha sonora do teaser é um trecho da faixa mais inusitada do álbum, intitulada "Nota 6.66".



Claustrofobia
A idéia em mesclar samba com metal é um desejo antigo da banda e finalmente foi concretizada no melhor estilo "metal brasileiro puro", comenta Marcus D'Angelo. 

Trata-se de um samba tradicional, com cuíca, tamborim, surdo, mas também guitarras incrivelmente pesadas. “Essa é a típica trilha sonora do brasileiro feliz em seu habitat abençoado, comendo seu churrasquinho e tomando uma pinga, enquanto o mundo desaba ao seu redor” acrescenta Marcus. 

A ousada faixa contou com a participação do grupo de samba de raiz ˜Batuque de Corda", veterano no circuito paulistano de samba e amigo de longa data dos integrantes do Claustrofobia. "Pensávamos nessa possibilidade de misturar esses dois estilos tão diferentes há muito tempo, e nesse álbum fizemos isso da melhor forma possível: não apenas colocando alguns elementos desse ritmo brasileiro em trechos de músicas, mas sim compondo uma faixa inteira utilizando as principais características do samba junto com as do metal. Foi tudo muito natural, pois a gente tinha pensado em fazer apenas uma intro dessa forma, mas quando vimos, já tínhamos composto juntos quase a música inteira. Estávamos tão empolgados com a idéia, que foi um dos primeiros sons do disco a gravarmos, já há um bom tempo atrás! Acho que a vontade de fazer fez o universo conspirar a favor da Nota 6.66" explica Marcus. 

O guitarrista Alexandre de Orio, que em breve lançará um livro sobre a junção desses dois ritmos em riffs de guitarra, também dá a palavra: "Nos levou bastante tempo e dedicação, mas o resultado final ficou como esperávamos. Ficamos felizes com a autenticidade que a música transmite!".

Confira abaixo o teaser do álbum.

Postar um comentário

Mais Notícias

Notícias - KVR Audio News

Notícias - Sound On Sound Audio News

Notícias - Gearjunkies Audio News

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...