2 de abril de 2011

Desvendando o braço True Temperament

Esta matéria é fruto de uma conversa com um dos vários amigos que tenho viciados em guitarra. Tudo começou quando ele veio me falar da novidade e da popularização de um tipo de traste muito peculiar por ser torto e que, segundo os seus fabricantes, garante a verdadeira afinação de todas as notas no braço de uma guitarra, seguindo com precisão as "medidas" do chamado sistema musical temperado¹, adotado no ocidente a partir de uma convenção de músicos no séc.XVII.

Voltando aos trastes, seu desenho torto e peculiar chamaram atenção na foto da capa da Revista Guitar Player com o guitarrista Matias "IA" Eklundh e o que parecia ter motivos meramente estéticos, na verdade, promete ser uma revolução na tonalidade de sua guitarra. E para conhecer um pouco mais sobre este novo tipo de traste, leia a matéria abaixo, assinada pelo meu amigo Sylvério Araújo.

Desvendando o braço True Temperament
por Sylvério Araújo*



Se você acha estranhos os trastes assimétricos e tortos do braço True Temperament, você não é o único. Nós não sabíamos do que se tratava quando vimos esse braço pela primeira vez, mas aqui está a explicação: trastes de formato igual e paralelos só levam em conta um fator quando a corda vibra – comprimento de escala. No entanto, a tensão relativa e a massa de cordas diferentes em trastes diferentes influem bastante na entonação. Os gênios da True Temperament levam isso em consideração e, como dizem em seu website, eles “ajustam separadamente cada ponto de contato entre traste e corda na escala, até que cada nota atinja a frequência exata desejada com exatidão”. E o mais louco de tudo isso é que funciona brilhantemente.

Minha capacidade cerebral é insuficiente para compreender como esses trastes curvados fazem a guitarra soar deslumbrantemente afinada, mas meus ouvidos estão convencidos. Acordes maiores e menores nas posições mais graves soaram maravilhosos, mas não às custas de quartas e quintas, que permaneceram afinadas. Mas são os acordes em regiões agudas que surpreenderam de verdade. Posso pegar a abertura de um acorde D e tocá-la por toda a extensão da escala até o traste 19, pois ele soará perfeitamente afinado. Essas aberturas nas regiões agudas soam como um instrumento totalmente novo, e a guitarra ressoa de uma maneira diferente e muito mais consonante. Você precisa experimentar isso. (matéria publicada na Guitar Player USA, dezembro 2009/Guitar Player Brasil, Fevereiro 2010).

O modelo com 22 trastes custa US$ 795,00, aumentando conforme os opcionais. Alguns guitar heros estão usando o braço em algum de seus modelos: Steve Vai (Jem TT), Frank Gambale (Yamaha Frank Gambale TT), John MacLaughlin, Mattias “IA” Eklundh, Dweezil Zappa.

Steve Vai: "São esquisitos, mas perfeitamente naturais para tocar".

Para maiores informações, uma entrevista com o criador  do sistema, Anders Thidell, e o site da True Temperament.  Eles também produzem um terceiro tipo de braço que recria a escala de Johan Sebastian Bach utilizada em sua música no século 18.



¹Sistema musical temperado ou Temperamento musical - convenção ocidental que dividiu a oitava musical em tons, semitons e comas. Para saber mais clique aqui.

*Sylvério Araújo é advogado e guitarrista. Estudou guitarra durante dois anos em uma escola de música e como todo guitarrista se aperfeiçoou (em Heavy Metal e Jazz) dentro do próprio quarto com o estudo de vídeo aulas e songbooks. Nas horas vagas, é pesquisador de curiosidades do "mundo das seis cordas".
Postar um comentário

Mais Notícias

Notícias - KVR Audio News

Notícias - Sound On Sound Audio News

Notícias - Gearjunkies Audio News

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...