6 de outubro de 2010

A importância das caixas acústicas


por Cristian Schiehl*

Caixas acústicas : elas são mais importantes do que você imagina!

De um modo geral caixas acústicas são tratadas como uma parte de pouca importância em um sistema de áudio, sendo tal criada seguindo apenas as especificações de litragem e tamanho exigidas pelo alto falante e tendo o conhecimento popular como fonte de referência para grande parte dos projetos. 

A construção de caixas é tida como algo de pouca dificultade técnica - uma ilusão na verdade. Um engenheiro especializado chega a trabalhar vários anos para desenvolver um projeto de caixa acústica para um determinado alto falante, no qual se leva em conta centenas de fatores, realizando dezenas de testes, pesquisas e cálculos para cada um destes fatores. 

Ao final do projeto as diferenças são abismáticas, tanto em pressão sonora quanto em qualidade, o que faz com que o sistema apresente uma melhor e mais plana resposta de frequências, facilitando assim sua operação e diminuindo a quantidade de equipamentos de processamento e equalização de áudio. 

Em relação a uma caixa mal projetada, o ganho em pressão sonora pode chegar a 6 db. Considerando-se que para um ganho de 3db é necessário duplicar a quantidade de potência (rms) e de alto falantes, para um ganho de 6 db teria-se que quadruplicar todo o sistema de áudio, ou seja, 4 x mais amplificadores, alto falantes, caixas, processadores e etc... 

Imaginem esta diferença aplicada num sistema de áudio com dezenas de caixas; torna-se gigantesco o aumento dos gastos para produção da mesma pressão sonora. 

Equipamentos como amplificadores e mixers geralmente são tidos como prioridade dos investimentos, as caixas se tornanm apenas um detalhe, com o qual é gasto o mínimo possível. Economia esta que acaba reduzindo a qualidade dos sistema e gerando gastos ainda maiores. 

Quanto a escolha de uma caixa acústica vale ressaltar que cada uma é projetada para um determinado tipo de alto falante. Quando se fala de “tipo” de alto falante, refere-se ao modelo e não apenas ao tamanho, sendo que um alto falante com o mesmo tamanho, material e potência dificilmente irá gerar os mesmos resultados do que foi ulitizado no projeto original. 


Caixas acústicas de qualidade geralmente vêm de fábrica com alto falantes próprios. Evite caixas cujos alto falantes são montados de acordo com a necessidade - estas não possuem o melhor rendimento. 

Outro aspecto que se deve levar em consideração é o emprego desse sistema. Algumas caixas não são projetadas considerando fatores como a compressão térmica, ou seja, aquela maravilha de caixa que você comprou quando colocada em local aberto debaixo de sol quente pode ter seu rendimento reduzido brutalmente, além do perigo de danificação da estrutura e até mesmo de super aquecimento do alto falante e consequentemente sua danificação. 

Na hora de montar um sistema de áudio, escolha com atenção suas caixas acústicas. Elas podem fazer muita diferença.

*Cristian Schiehl é técnico em Eletrônica e responsável pelo departamento de Assistência Técnica da rede Fujisom.
Postar um comentário

Mais Notícias

Notícias - KVR Audio News

Notícias - Sound On Sound Audio News

Notícias - Gearjunkies Audio News

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...