23 de setembro de 2010

Saiba Mais Sobre: relação entre áudio e eletricidade

A relação entre áudio e eletricidade pode ser descrita como uma relação de amor e ódio. Amor porque, obviamente, nenhum equipamento de áudio funciona sem algum tipo de carga elétrica; ódio porque a corrente elétrica, quando não utilizada de maneira correta, pode causar vários inconvenientes e, em alguns casos mais graves, até acidentes. Saiba mais sobre esta relação através deste artigo do técnico em Eletrônica Cristian Schiehl.

Áudio e Eletricidade

por Cristian Schiehl*

Pode ser o melhor sistema de som do mundo, mas sem uma fonte e energia confiável tudo pode ir por água abaixo, fato este que  muitas vezes não ser tratado com sua devida importância.

É de costume encontrar  “profissionais de audio” que acham equivocadamente que uma tomada forneça a eles tudo o que necessitam da forma mais pura e eficiente.

Se conhecessem a real situação de sua rede elétrica com certeza dariam tanto valor a ela quanto ao próprio sistema de áudio, o qual muitas vezes acaba sendo o único  “culpado” pela falta de qualidade ou mal funcionamento.

 Trabalho com áudio nada mais é do que a captação,  tratamento e aplicação de um sinal elétrico, sendo assim, da mesma forma que um escultor escolhe e prepara cuidadosamente o material para sua obra, o profissional de áudio deve escolher e tratar cuidadosamente sua rede elétrica, a qual será sua matéria prima para a confecção de sua arte.

Nossa rede elétrica esta sejeita á uma a série de interferencias e disturbios, que podem ser gerados por diversos fatores que vão desde descargas atmosféricas até variações pelo uso de equipamentos com cargas não lineares.

Este último fator vem se tornando cada vez preocupante  com o crescente aumento de uso, dentre os principais vilões destacam-se os motores, máquinas de solda, controladores de carga entre outros.

Tais equipamentos não possuem um consumo estavel, ou seja, possuem carga não linear, gerando assim um disturbio ao longo do ciclo elétrico, mais conhecido como harmônicas.

Este distúrbio elétrico gera uma deficiência na qualidade da rede, causando aquecimento na fiação e diminuindo a eficiência energética, além de ruídos em equipamentos de áudio.

Tecnicamente, uma harmônica é a componente de uma onda periódica cuja freqüência é um múltiplo inteiro da freqüência fundamental (no caso da energia elétrica, de 60 Hz). A melhor maneira de explicar isto é com a ilustração ao lado. Na primeira figura (acima), vemos duas curvas: uma onda senoidal normal, representando uma corrente de energia "limpa", e outra onda menor, representando uma harmônica.  Na segunda figura (abaixo), vemos a soma das duas ondas: uma onda com harmônica.
Harmônicas é um dos fatores que se tem de levar em conta na hora de projetar um sistema elétrico, mas não é o único, somente um profissional qualificado saberá os métodos corretos á serem aplicados para solução do problema.

Preste atenção em sua tomada.... grande parte dos seus problemas podem vir dela!



*Cristian Schiehl é técnico em Eletrônica e responsável pelo departamento de Assistência Técnica da rede Fujisom.


Fonte: reativaenergia.com.br
Postar um comentário

Mais Notícias

Notícias - KVR Audio News

Notícias - Sound On Sound Audio News

Notícias - Gearjunkies Audio News

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...