21 de abril de 2010

Saiba Mais Sobre: conexão SPDIF

Se você é daquelas pessoas que se deparam recorrentemente com uma entrada SPDIF mas não sabe o que é nem pra que serve, aproveite este artigo para tirar suas dúvidas! Boa leitura.

 Conexão SPDIF
por  Miguel Ratton, Gabriel Torres e  Cássio Lima

O padrão S/PDIF (Sony/Philips Digital Interface Format) é um formato de interfaceamento de equipamentos de áudio digital, baseado no padrão profissional AES/EBU. O padrão S/PDIF é utilizado para se transferir informações (dados) de áudio digital de um equipamento para outro (ex: de um computador para um gravador DAT).

O formato S/PDIF suporta dois canais (stereo) e pode ser implementado por conexão elétrica ou óptica. Na conexão elétrica são usados plugs do tipo RCA, não-balanceados, e cabos de impedância de 75 ohms (ex: cabos de video de boa qualidade). Na conexão óptica são usados plugs do tipo TosLink (ou miniplug óptico) e cabos de fibra óptica. Em ambos os casos, um mesmo cabo transfere os dois canais do stereo.

SPDIF significa Sony/Phillips Digital Interface. É um padrão para a transferência digital de áudio. A transferência digital, ao contrário da transmissão analógica, é imune a ruídos e por isso é o tipo de transmissão de áudio preferida entre os audiófilos, músicos e profissionais da área de áudio que usam o micro como uma ferramenta. No entanto, em muitos casos, o micro tem a capacidade de conexão SPDIF e ela não é usada, por desconhecimento do usuário ou do técnico que montou o micro.

A história é a seguinte. Ao inserir um CD de áudio em uma unidade de CD-ROM, essa unidade tem de converter os dados, que são lidos de forma digital, em um sinal de áudio analógico, já que o áudio é um sinal analógico. Esse sinal analógico é então transmitido para a placa de som, através de um cabo apropriado. Para os que se importam com o nível de ruído do sinal, há dois pontos aqui que podem baixar a qualidade do áudio. Primeiro, a unidade de CD-ROM pode usar um conversor D/A (Digital/Analógico) de baixa qualidade e, com isso, gerar ruído. Segundo, como a transmissão entre a unidade de CD-ROM e a placa de som será feita de forma analógica, o cabo usado na conexão pode captar ruídos, através da interferência eletromagnética existente no interior do micro.

Assim, se a sua placa de som tiver entrada SPDIF e a sua unidade de CD-ROM tiver saída SPDIF, em vez de usar a conexão analógica, prefira usar a conexão SPDIF. Com essa conexão, a conversão digital/analógica será feita pela placa de som e não mais pela unidade de CD-ROM. Essa conexão é feita através de dois fios e um pequeno plugue de dois terminais. Esse cabo pode ser feito facilmente ou então pode-se comprar pronto em lojas especializadas.



Fonte: music-center.com.br
           clubedohardware.com.br  


Postar um comentário

Mais Notícias

Notícias - KVR Audio News

Notícias - Sound On Sound Audio News

Notícias - Gearjunkies Audio News

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...