20 de agosto de 2009

Anatel aprova homologação de produtos Shure

A fabricante de microfones Shure divulgou recentemente o seguinte comunicado sobre a regularização e a autenticidade de seus produtos:

"Há algum tempo, quem acompanha as notícias de nosso site tem visto a preocupação da Pride Music em alertar os consumidores mantendo-os informados sobre o tema: Produtos Falsificados. Em mais uma ação para inibir a ilegalidade e informar seus consumidores e revendedores, a Pride Music decidiu publicar um informativo completo sobre a regularização e a homologação de microfones sem fio Shure, primeiramente em seu site, e depois nos principais pontos de vendas (revendedores) em todo o Brasil.

Todo sistema de microfone sem fio deve ter autorização da ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) para operar no Brasil. Isso é necessário para evitar que frequências não autorizadas interfiram em serviços como polícia, ambulâncias, aeroportos e também, é claro, em outros microfones regularizados de qualquer marca fabricada ou distribuída no país. Quando os microfones são aprovados para uso no Brasil, eles são certificados e recebem um selo da ANATEL que atestam a homologação do produto para uso no território nacional.

Mas é claro, que até isso os falsificadores podem copiar! Para diminuir as dúvidas sobre como identificar corretamente um produto legal e um produto ilegal, preparamos um informativo explicando que legalmente não basta que os produtos tenham o selo com os mesmos números da homologação. Se os produtos não foram importados pela Pride Music, eles NÃO são homologados.

Em outras palavras, para estar legalizado, é preciso, cumulativamente, que:

1) O produto tenha o selo de Homologação da Anatel com o número da homologação.

2) Que o produto tenha sido importado pela Pride Music, que é a ÚNICA empresa brasileira com a Certificação de Homologação Anatel, em caráter intransferível.

Para ser um produto oficial, o sistema sem fio deve ter a etiqueta de homologação da ANATEL, com o registro de homologação (de propriedade exclusiva da Pride Music) e também a etiqueta de importação da Pride Music na embalagem e no manual em Português do produto. Se o produto não contar com algum desses itens ou contar apenas com o selo de homologação sem a etiqueta de importação Pride Music, ele é um produto ilegal.

Resumindo, os itens que um sistema sem fio Shure importado oficialmente deve, obrigatoriamente, ter:

- Etiqueta de importação com número de unidade e código de barras com logotipo da Pride Music na embalagem.
- Manual em Português com etiqueta do número de unidade Pride Music colada ou impressa no próprio manual.
- Selo HOLOGRÁFICO da ANATEL com matrícula/homologação colado no transmissor.

Se você estiver comprando um sistema sem fio Shure e ele não contar com algum desses itens, muito provavelmente você está sendo enganado! Pode estar comprando um produto importado ilegalmente ou falsificado, e sendo de seu conhecimento estes fatos, poderá também responder judicialmente caso seja fiscalizado pela Anatel ou outros órgãos de arrecadação Estadual ou Federal. Denuncie sempre que tiver dúvidas, pois podemos confirmar através do número de série se o produto foi ou não importado pela Pride Music e se está autorizado a operar legalmente no Brasil.

"O consumidor ou comprador, desde que corretamente informado e orientado, que se deixa enganar pagando preços abaixo dos preços reais de mercado ou que deliberadamente compra algo ilegal, além de sair prejudicado financeiramente e tecnicamente, também é responsável pelo crime de falsificação e pela venda e/ou utilização de produtos ilegais."

Para obter mais detalhes, acesse o site da Shure clicando aqui.


Fonte: shure.com.br

http://www.shure.com.br/menu/padrao.php?link=noticias&cod=23
Postar um comentário

Mais Notícias

Notícias - KVR Audio News

Notícias - Sound On Sound Audio News

Notícias - Gearjunkies Audio News

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...